Arquivos de tags: como ser uma mulher segura

Mulher fria do sexo frágil? Mas que absurdo Mr. Aristóteles!

17 ago

Amores,

Vi essa imagem ontem no Facebook e não poderia deixar passar assim, despercebida. Homem (e mulher) é um bicho esquisito mesmo… para eles, se somos calmas, seguras e equilibradas é porque tem outro na jogada; do contrário, se somos agitadas, inseguras e desequilibradas é porque somos loucas.

Indo um pouco além dessa mensagem, hoje em dia tem muita cartilha no mercado, ensinando a mulher ter ‘segurança’ … e ser fingida né … algumas fingem segurança como fingem um orgasmo – para mim quem lê esse tipo de “literatura”, merece mesmo não sentir um na cama. Segurança se adquire com o tempo e vem de dentro; é a auto – confiança que faz a mulher reconhecer o seu valor na vida de um homem … quando ela tem um caminho profissional – se não bem-sucedido, encaminhado para tal … claro, isso também está muito ligado à inteligência. Nenhum palestrante pode estar seguro o suficiente em uma apresentação, se não dominar o assunto sobre o qual irá falar. E é assim com tudo na vida …

Quando a mulher atinge certo grau de maturidade na vida, ela começa a SER segura e não apenas ESTAR segura. Na maioria dos casos a segurança para os homens está em um carro importado e para a mulher no composto maquiagem + roupa + chapinha (Ah, e magreza, claro!). Óbvio que quando nos sentimos bem, nos sentimos mais poderosas, e para isso esse conjunto funciona e ajuda muito. Mas tendo somente isso como base, quando encontrarmos uma mulher mais bonita e bem vestida que nós (homens, já ouviram falar que uma mulher se arruma pra outra, e não pra você? Então …) nossa segurança vai junto com a make … ralo abaixo!!

Já fui casada, insegura e ciumenta. Óbvio que meu ex sempre deu mil motivos para eu agir assim, mas em geral os homens sempre dão. Hoje em dia, eu teria agido diferente. Quer me trocar por outra? Azar o seu e sorte minha, “Obrigada Senhor por tirar esse cafa da minha vida!!”. – Digo isso sem nenhuma referência ao ex tá gente, até porque ele não me trocou e somos melhores amigos até hoje. (Sim, existe amizade entre homem e mulher!!). A insegurança sempre vem acompanhada da desconfiança de que algo está errado, e isso acaba de certa forma se plantando no relacionamento. E para toda mulher insegura que se preze, o passaporte da alegria, opa, calmaria deve ser: a apresentação de provas concretas do crime ou não crime (isso quando elas mesmas não as produzem, kkkk), demonstrações públicas, íntimas e virtuais de amor e uma chuva de questionamentos que provavelmente vai varar noite adentro (afinal tem sempre algo mal explicado e gostamos de tudo nos mínimos detalhes).

Até entendo um pouco o porquê disto. Historicamente o homem tem suas razões (desculpas) para trair; desde a época antiga os desejos do homem foram mais explorados e valorizados e o tal conceito de calor do corpo associado ao sexo, que veio lááá do povo no Egito, favoreceu os machos. Derivava do calor corporal a capacidade de ver, ouvir, agir e atá falar. Advinha quem era considerado quente? Acertou quem disse o homem; a mulher era considerada um corpo frio, igualmente ao escravo. Daí a mulher ser o sexo frágil (mas que mentira absurda …), inferior e submissa. Olha só o que disse nosso amigo Aristóteles: “o esperma é superior por gerar a vida, em contraposição à menstruação que é fria e inerte”. Ok a afirmação e tirando o fator ‘toda mulher quer ser mãe’, alguém avisa ele por favor, que nós carregamos 9 meses uma criança, engordamos, enjoamos e corremos o seríssimo risco de ficarmos cheia de estria? E é no nosso ventre que a vida é gerada!! Ora, ora, aprofundando o assunto – coisa que não farei aqui-, o conceito de calor corporal até faz algum sentido em outras vertentes, já que não se limita só a questão da sexualidade. Maaaas, todos nós sabemos que nossos corpos são quentíssimos, tá, meu bem!

No mais, coisas básicas no relacionamento, como: mulher fala de sentimento, homem de conquista(material, profissional, …); mulher faz charme e homem quer objetividade; mulher quer casar e ter filhos, homem não sabe verbalizar o sente; entre outras, são questões que fazem parte da natureza de cada um, portanto se adeque a elas ou procure eternamente seu príncipe encantado. Mas lembre-se daquela historinha de criança: O príncipe, vira sapo!!

Só a título de curiositaty, homens, quando vocês estiverem com uma mulher que tenha o comportamento semelhante ao descrito na foto, parabéns, você achou uma mulher! Ou, sinto muito, você achou uma menina, que lê escondido de você o mesmo livro da Maria, ex-bbb, “Como deixar os homens aos seus pés”! Ou, sinto muitíssimo, você achou uma menina, querendo ser mulher e que está te traindo mesmo. Seja homem e descubra o mistério na convivência!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.